A pronuncia do Norte

Maio 25th, 2017

Chuzame! A Facebook A Twitter

Descoberto o mais antigo texto escrito em galego-português

Novembro 7th, 2015

Na segunda metade do século XII, em pleno reinado de D. Afonso Henriques, dois irmãos, Gomes Pais e Ramiro Pais, presumíveis fidalgos da região de Braga, assinaram entre eles um pacto de não agressão. Não seria nada de estranho, na época, entre parentes com propriedades contíguas, mas o documento que formaliza este acordo, conservado na Torre do Tombo, em Lisboa, apresenta uma característica invulgar: não está redigido em latim. José António Souto, professor de História da Língua na Universidade de Santiago de Compostela, acredita que se trata do mais antigo documento escrito em galego-português até hoje identificado.

O investigador galego, que ontem apresentou a sua descoberta na Universidade do Minho, em Braga, durante uma Jornada de Edição de Textos Medievais, não foi o primeiro a dar notícia da existência deste pergaminho. Mas ninguém até agora atendera à sua peculiar configuração linguística. E se se aceitar o conjunto de deduções que levou Souto a fazer remontar o documento, que não está datado, a um ano anterior a 1175, parece não haver dúvida de que este trivial protocolo de família tem direito a ostentar o título que o professor de Compostela lhe pretende conferir.

Uma professora da Universidade Clássica de Lisboa, Ana Maria Martins, já publicara vários textos da segunda metade do século XII alegadamente redigidos em galego-português. Mas o mais antigo dataria justamente de 1175 e há quem defenda que, dada a sua reduzida dimensão, é impossível demonstrar que não está escrito em latim.

Souto utiliza, de resto, com alguma relutância a designação de galego-português, argumentando que se o termo tem a vantagem de deixar claro que as actuais regiões de Portugal e da Galiza utilizavam um só idioma, pode também sugerir, erradamente, que se trata de uma língua que não é exactamente o português. Um escrúpulo revelador da sua costela “lusista”, que na Galiza designa não apenas os que se interessam pela cultura portuguesa, mas, mais especificamente, os que contestam a norma oficial do galego, contaminada de castelhano, e defendem que esta devia aproximar-se do português actual.

FONTE: Público.pt

Chuzame! A Facebook A Twitter

Descoberto o mais antigo texto escrito em galego-português

Novembro 12th, 2014

Na segunda metade do século XII, em pleno reinado de D. Afonso Henriques, dois irmãos, Gomes Pais e Ramiro Pais, presumíveis fidalgos da região de Braga, assinaram entre eles um pacto de não agressão. Não seria nada de estranho, na época, entre parentes com propriedades contíguas, mas o documento que formaliza este acordo, conservado na Torre do Tombo, em Lisboa, apresenta uma característica invulgar: não está redigido em latim. José António Souto, professor de História da Língua na Universidade de Santiago de Compostela, acredita que se trata do mais antigo documento escrito em galego-português até hoje identificado.

Para saber máis: Publico.pt

Chuzame! A Facebook A Twitter

Galego-portugués

Outubro 25th, 2014

Camilo José Cela y José Saramago

Chuzame! A Facebook A Twitter

Lanzan en Brasil un dicionario co vocabulario do galego-portugués usado na Idade Media

Outubro 21st, 2014
O “Vocabulario do Portugués Medieval“. Así se chama unha listaxe en dous volumes con preto de 170.000 palabras que eran usadas nos actuais territorios de Portugal e Galicia na Idade Media que acaba de ser lanzado en Río de Janeiro tras 35 anos de investigación.
O vocabulario, no que a cada palabra en desuso está vinculada ao seu correspondente na actualidade, foi elaborado a partir de documentos datados en Portugal e en Galicia entre os séculos XIII e XV, segundo o Ministerio de Cultura.
Chuzame! A Facebook A Twitter

Os 10 pontos sobre a língua galega para ler antes de morrer

Outubro 7th, 2014

1.- Língua galega é o nome histórico da língua portuguesa, como a língua castelhana é o nome histórico da língua espanhola.

2.- A língua portuguesa nasceu na Galiza. O povo galego espalhou a sua língua polo atual território de Portugal onde era falado outro romance, o moçárabe, que desapareceu.

3.- A escrita do português padrom está baseada nas falas medievais de Compostela, verdadeira capital histórica da língua comum da Galiza, Portugal e o Brasil.

4.- A escrita do português é, em numerosas ocasions, mais próxima das falas galegas do que das lisboetas ou cariocas.

5.- Os principais gramáticos galegos (Carvalho Caleiro), portugueses (Lidley Cintra) e brasileiros (Celso Cunha) sempre defendêrom que galego e português eram variedades do mesmo idioma. Vultos da cultura galega (Castelao), portuguesa (Rodrigues Lapa) e brasileira (Azevedo Filho) também.

6.- A língua galega é a quinta língua mais falada do planeta, com 250 milhons de falantes, e a terceira mais falada no mundo ocidental. Aliás, é a língua mais falada do hemisfério sul.

7.- O galego é a língua romance mais espalhada da Terra. Galego e inglês som as únicas línguas presentes nos 5 continentes.

8.- O galego é língua oficial na UE, no Mercosul, na OEA e na Uniom Africana.

9.- A maior cidade do continente americano, São Paulo, fala galego.

10.- Nengum governo galego usou estes dados para travar e/ou inverter a dramática queda de falantes de galego na Galiza.

…Talvez seja feito no futuro, mas o problema que sempre tem o futuro é que continua virando presente o tempo todo.

POR DIEGO BERNAL

PARA SABER MÁIS: A NOSSA LÍNGUA È INTERNACIONAL

Chuzame! A Facebook A Twitter

TRABALLOS 2º TRIMESTRE

Maio 24th, 2012

Por fin colgei no vosa páxina deste blogue os traballos do segundo trimestre que foran mellor avaliados.

Se queredes velos, pinchade aquí: ALUMNOAS

Chuzame! A Facebook A Twitter